"Eu te amo. Mesmo negando. Mesmo deixando você ir. Mesmo não te pedindo pra ficar. Mesmo não olhando mais nos teus olhos. Mesmo não ouvindo a tua voz. Mesmo não fazendo mais parte dos teus dias. Mesmo estando longe, eu te amo. E amo mesmo. Mesmo não sabendo amar."
Caio Fernando Abreu.  (via univerbos)
Há 3 dias · 110.172 notas · reblog
(© originally florescerdemim) · via univerbos

Ela é baixa, ele era alto. Ela cabelos compridos, ele curto. Ela prefere piercings, ele tatuagens. Ela é do dia, ele da noite. Ela toma chá, ele café. Ela estuda, ele vai na sorte. Ela é espontânea, ele tímido. Ela fala palavrão, ele português gramaticalmente correto. Ela usa roupas combinando, ele o que acha legal. Ela fica bem de branco, ele de preto. Ela escuta música da atualidade, ele clássicos. Ela fala pelos cotovelos, ele só o necessário. Ela é de sagitário, ele de libra. Ela gosta do frio, ele do calor. Ela é sentimentalista, ele realista. Ela é comunista, ele socialista. Ela se irrita fácil, ele é zen. Ela discorda e puxa briga, ele concorda e evita brigar. Ela gosta do fogo, ele da aguá. Ela gosta de ler, ele de olhar filmes. Ela gosta da Marvel, ele da DC. Ela acha o coringa genial, ele idolatrava o batman. Ela sempre tem disposição, ele sempre tem sono. Ela faz bico, ele sorri. Ela é simpática, ele reservado. Ela enrola, ele era direto. Ela gosta de azul, ele de verde. Ela gosta de gatos, ele de cachorro. Ela é consumista, ele economiza. Ela o ama, ele não. 

- am

"Te amava, não pelas futilidades do dia-a-dia, e sim pelo jeito que você fazia eu me sentir apenas com o olhar."
Anna Paula Varella.  (via o-rgastico)
Há 4 dias · 1.295 notas · reblog
(© originally vireipassaro) · via o-rgastico
"Quem realmente consegue dormir com a consciência pesada? Dias ruins pesam tanto, sejam por arrependimentos ou palavras não ditas. Minha insônia nunca é inútil. É um aviso, ela me xinga e me esnoba pelo que esqueci de fazer"
Renata Carneiro  (via univerbos)
Há 5 dias · 443 notas · reblog
(© originally realismos) · via univerbos
"Eu sou da geração do romantismo. Não finjo sentimentos, se eu amo, amo de corpo e alma. Não brinco com o coração das pessoas pois sei o quanto dói uma decepção de alguém que amamos. Não prometo algo em vão e nem digo um eu te amo se não for verdadeiro. Sou do tipo que respeito os mais velhos e escuto os mais sábios."
Após uma autópsia.  (via supostos)
Há 1 semana · 18.595 notas · reblog
(© originally romantizado) · via perigeu
"Você foi covarde. A mais bela covardia de minha vida. A mais comovida. A mais sincera. A mais dolorida. O que me atormenta é que sou capaz de amar sua covardia."
Fabricio Carpinejar.   (via supostos)
Há 1 semana · 2.151 notas · reblog
(© originally vivificare) · via perigeu
"Acho que parei no tempo. E pior que isso, acho que estou gostando de ficar aqui só com os meus pensamentos, trocando idéias comigo mesmo. Cansei de ter que disputar a atenção de pessoas com seus celulares e fones de ouvido, quem sabe essa coisa de ser esquecido não seja legal. só quero ver até onde vai."
Lázaro S. (via univerbos)
Há 3 semanas · 899 notas · reblog
(© originally soluvio) · via univerbos
"Eu disse que precisava de espaço, ganhei o espaço e agora estou ouvindo os ecos da minha própria voz gritando o nome dela. Bonito isso que eu disse, né? Tem papel e caneta? Quero anotar pra ter o que dizer quando chegar lá."
Gabito Nunes.    (via univerbos)
Há 3 semanas · 1.948 notas · reblog
(© originally ga-bi-to) · via univerbos
"De algum modo, sentia que estava ficando meio maluco. Mas sempre me sentia assim. De qualquer forma, a insanidade é relativa. Quem estabelece a norma?"
Charles Bukowski.  (via univerbos)
+

L

I

N

K

S

»
E

U

V

I

I

G

N

O

M

O

S



theme by poetadecepcionada